CELSO SALIM & DARRYL CARRIERE EPK

 Celso & Darryl - FV.JPG

Radicado nos EUA desde 2014, o guitarrista Brasiliense Celso Salim e o gaitista Californiano Darryl Carriere juntam forças para formar um novo projeto musical com álbum autoral de estréia previsto para meados de 2022. Com mais de 20 anos de entrosamento, eles apresentam um show empolgante com músicas próprias e releituras de clássicos. O estilo tradicional de gaita e voz rasgada de Darryl interagem de forma espontânea com a guitarra cativante de Celso, que também canta e toca slide como poucos. Recentemente no IBC 2019 – maior desafio de blues do planeta produzido pela respeitada Blues Foundation – Celso e sua banda receberam o premio de 3o lugar entre mais de 100 bandas e Darryl recebeu o Lee Oskar Harmonica Award, prêmio oferecido pela marca Lee Oskar para o melhor gaitista do evento.

Os dois se conheceram em 1998 durante a primeira passagem de Celso por Los Angeles e juntos formaram a banda Green Lizards. Nessa época Celso também gravou seu 1o disco solo que contou com a participação do gaitista. Em 2000 Celso retornou ao Brasil mas os dois mantiveram contato. Darryl participou de outros discos de Salim e os dois excurcionaram pelo Brasil em 2004. O americano também gravou com o guitarrista brasiliense Dillo.

Nascido em Santa Monica, California, Darryl Carriere começou a se interessar pela gaita aos 12 anos influenciado por seu amigo de escola Lester Butler, que mais tarde se tornou o gaitista da reverenciada banda The Red Devils. Auto-didata, Darryl começou tocando a gaita de cabeça para baixo e quando percebeu isso já era tarde para mudar sua técnica. Com 16 anos, Darryl entrou para a banda Soultones, onde permaneceu até 1991. Em 2001 Darryl formou a PHC Band, que conta com os músicos Gary Mallaber (Steve Miller Band, Van Morrisson) e Ralph Carter (Sugar Ray Rayford, Eddie Money). Atualmente a PCH está gravando um novo album.

Celso Salim construiu uma sólida carreira no Brasil lançando 6 álbuns desde 2001 e é considerado um dos melhores guitarristas do país. Freqüentemente em destaque na cena de Blues, ele se apresentou nos principais festivais do país e excursionou pela Europa. Ele integrou as bandas Ari Borger Quartet e Sérgio Duarte Blues Band, abriu shows de B. B. King, Deep Purple e John Hammond, além de excursionar com Larry McCray e tocar com Magic Slim e Willie “Big Eyes” Smith.

 

Celso se mudou para os EUA em 2014, tornando-se um dos guitarristas mais respeitados do sul da Califórnia. Ele recebeu 5 prêmios Independent Music Awards, incluindo melhor album de Blues, e também ganhou duas vezes a competição da Southern California Blues Society. Além disso Celso abriu shows de Joe Bonamassa, Canned Heat e Kim Wilson e dividiu o palco com os músicos Scott Page (Pink Floyd, Supertramp), Jimmy Z (Etta James, Rod Stewart), Johnny Stachela (Allman Betts Band) e Matt Abts & Jorgen Carlson (Gov’t Mule).